Paulo Mendes Pinto

Grau Académico

Mestrado

Vínculo à ULHT / Àrea de Ciência das Religiões

Investigador Integrado / Director da área de Ciência das Religiões (Licenciatura, Mestrado, Linha de Investigação)

Áreas de Investigação

Mitologia Antiga; Religião e cidadania

Apresentação

Paulo Mendes Pinto é director da Licenciatura e do Mestrado em Ciência das Religiões na Universidade Lusófona, onde também dirige o Instituto Al-Muhaidib de Estudos Islâmicos.

Mestre em História e Cultura Pré-Clássica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa com a dissertação “Metaforização e Ritualização no Ciclo de Baal” (2001), desenvolve investigação sobre História das Religiões Antigas (mitologia e literaturas comparadas), Historiografia e Teoria da História, e Diálogo entre as Religiões, Convívio e Cidadania.

Dedica parte dos seus trabalhos a questões relacionadas com a relação entre o Estado e as religiões.

Foi o coordenador do seminário «República e Religiões», que se realizou no Museu da Presidência da República em 2005, e o coordenador científico do projecto «Religiões: História – Textos – Tradições », sediado na Re-Ligare (Unidade de Missão para o Diálogo com as Religiões), da Presidência do Conselho de Ministros, em 2006.

É um dos coordenadores dos volumes Evangelhos – Comentados (2005, 2006 e 2007), que reuniu mais de 150 altas individualidades nacionais e lusófonas em torno de comentários a trechos do Novo Testamento, reunindo colaboradores de quase todos os horizontes religiosos presentes e Portugal.

Com Mohamed Abed, foi fundador do Clube de Filosofia Al-Mu’tamid, criado entre a Un. Lusófona e a Comunidade Islâmica de Lisboa.

Dirige as entrevistas «Conversas em Religião» onde regularmente se entrevistam importantes personaliaddes religiosas.

Na área da Ciência das Religiões, foi o responsável por diversos projectos de investigação, entre eles o Inquérito á Cultura Religiosa em Portugal. Participou também nos projectos FCT «Dicionário Histórico das Ordens e Congregações Religiosas em Portugal», onde coordenou equipa encarregue das Ordens Religiosas Masculinas. Coordenou a participação portuguesa no projecto «EUREL – Données sociologiques et juridiques sur la religion en Europe», da Un. Robert Schuman e do CNRS. Participou, também, no projecto do British Council «Our Shared Europe».

É ainda investigador da Cátedra de Estudos Sefarditas «Alberto Benveniste» da Universidade de Lisboa, onde é o responsável editorial pela revista científica Cadernos de Estudos Sefarditas.

Em termos de investigação, coordenou os projectos «Dicionário dos Italianos Estantes em Portugal» e «Dicionário Histórico dos Sefarditas Portugueses», quer o volume sobre «Mercadore e gente de trato», quer a investigação «Homens de Cultura e de Ciência».

Participa, actualmente, nos projectos «Isolados lingüísticos e religiosos no nordeste de Portugal: aportes da Genética e da Demografia» do IPATIMUP, da Un. do Porto, e «Iluminura Hebraica medieval em Portugal» do Ins. de História da Arte da Un. de Lisboa.

Actualmente, é o responsável pelo projecto de catalogação dos manuscritos portugueses da Biblioteca Ets-Haim / Montesinos da Sinagoga Portuguesa de Amesterdão, apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Colaborador regular do jornal Público, é autor ou coordenador de cerca de três dezenas de livros no campo do estudo do Fenómeno Religioso, bem como de mais de uma centena de artigos em revistas especilaizadas.

É Membro do Conselho Consultivo da Associação de Professores de História.

Foi membro do juri de selecção do Prémio Literário Agustina de Bessa Luís.

Pertence aos corpos editorias e de revisão cientídica de várias revistas internacionais no campo da Ciência das Religiões e dos Estudos Judaicos.

É director da Revista Lusófona de Ciência das Religiões.

Recebeu a Medalha de Ouro de Mérito Académico da Un. Lusófona em 2013.

Percurso Académico

Mestre em História e Cultura Pré-Clássica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2001).