• Início
  • Linha de Investigação em Gnose e Esoterismo Ocidental

Linha de Investigação em Gnose e Esoterismo Ocidental

Coordenação

Rui Lomelino de Freitas

Contacto

rui.lomelino.freitas@gmail.com

Site

Site de Gnose e Esoterismo Ocidental

Apresentação

A designação “Esoterismo Ocidental” no âmbito académico define actualmente um campo de estudo em áreas como a História das Ideias, Filosofia; Arte; Literatura, entre outras. Pode ser definido como um “padrão de pensamento” com raízes na filosofia helénica, em particular no Gnosticismo, no Hermetismo e Neoplatonismo.

No Renascimento a redescoberta de textos antigos levou a um revivalismo de correntes filosóficas herméticas e a um interesse no estudo da magia, Astrologia, Alquimia e Cabala. Depois da Reforma, estas correntes deram origem à Teosofia Cristã, Rosacrucianismo e Maçonaria.

Mais tarde, assumiriam uma forma mais moderna com a Teosofia de Blavatsky, ordens cerimoniais mágicas, a Rosacruz moderna, a Antroposofia de Rudolf Steiner ou mesmo a psicologia de Carl Jung. Desde a Antiguidade até aos dias de hoje estas correntes nunca deixaram de estar presentes e de ter uma relação dinâmica com momentos-chave da nossa cultura.

Expulsas da Academia com grande vigor durante o período do Protestantismo e mais tarde do Iluminismo, estas tradições têm sido percebidas como “O Outro” contra o qual académicos e religiosos têm construído as suas identidades.

Nas últimas décadas observa-se um esforço por regenerar o estudo do “conhecimento rejeitado”. Na tentativa de delimitar científica e metodologicamente este campo de conhecimento, autores como Antoine Faivre e Wouter Hanegraaff têm contribuído para o seu avanço, identificando correntes e tradições esotéricas, além de sugerirem uma metodologia rigorosa, baseada no método científico e pautada por aquilo que a podemos chamar de “agnosticismo metodológico”.

Nesse contexto, não cabe a um estudante de Esoterismo Ocidental expressar crenças pessoais ou interpretações subjetivas, mas antes identificar histórica e filosoficamente correntes e tradições que partilhem dessas características entre si e compreender melhor o papel que eventualmente tiveram na construção da cultura ocidental.

Objectivos

Integrada no quadro de objectivos da àrea de Ciência das Religiões da ULHT – e vocacionada para congregar investigadores do espaço ibérico e lusófono –  esta Linha de Investigação procura aprofundar e contribuir para o avanço no conhecimento das fontes documentais gnósticas, cristãs e herméticas, assim como para a definição e delimitação científica do Esoterismo Ocidental enquanto disciplina académica, explorando as várias expressões que estas tradições foram tendo ao longo da história até à actualidade.

Identificação das fontes, tradução, publicação; pesquisa hermenêutica, assim como a criação de fóruns de partilha de conhecimento, seminários, palestras de divulgação e cursos introdutórios e avançados, são alguns dos objectivos propostos por esta área aos seus investigadores e público interessado.

Investigadores

  • Rui Lomelino de Freitas
  • Luís Cardoso
  • Gabriel Mateus
  • Filipe Silva
  • Sandra Neves da Silva
  • Cátia Mourão
  • José da Gama
  • Manuela Gomes
  • Vítor Rafael

Projectos de Investigação

A pesquisa desta linha de investigação está focada na história dos chamado “esoterismo ocidental” e da(s) “gnose(s)” desde a Antiguidade Clássica até à actualidade, mas com ênfase no período que começa no Renascimento.

Uma característica transversal a todos os projetos é o especial ênfase nas complexas inter-relações entre as ideias “esotéricas” e a história intelectual e cultural ocidental.

Os temas a serem trabalhados actualmente são:

  • As Fontes documentais de inspiração hermética nas bibliotecas históricas
  • A Filosofia hermética
  • A Gnose Cristã
  • Alquimia desde a antiguidade à modernidade
  • New Age
  • O trabalho de Giordano Bruno
  • O trabalho de Jacob Bohme
  • O Rosacrucianismo
  • A Maçonaria (simbólica, iniciação e fontes filosóficas)

Actividades de comunicação

I Congresso Lusófono sobre Esoterismo Ocidental 2016

Publicações

Atas do I Congresso Lusófono sobre Esoterismo Ocidental” no RECIL: http://recil.grupolusofona.pt/handle/10437/7457