«Diálogos ComSentidos»

Figueira da Foz: «O humano e o divino» na reflexão do projeto «Diálogos ComSentidos»

Figueira da Foz, 14 set 2018 (Ecclesia) – A primeira sessão da iniciativa «Diálogos ComSentidos» realiza-se hoje, a partir das 21h30, no auditório municipal da Figueira da Foz.

Os primeiros oradores do ciclo de diálogos são o diretor do doutoramento de Química na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, João Paiva, e o grande conselheiro da antiga e mística Ordem de RosaCruz, Luís Natal Marques.

O programa enviado à Agência ECCLESIA informa que ‘O humano e o divino’ é o tema central da conversa desta noite que vai ser moderada pelo diretor da Biblioteca da Universidade de Coimbra, José Augusto Bernardes.

Até abril de 2019, o ciclo tem oito sessões e conta com oradores de várias sensibilidades religiosas que vão abordar temas como: “A igualdade de género”; “Morte”; “O mistério e a espiritualidade”; “Meditação”; “Os jovens e a comunicação”; “Sustentabilidade” e “Laicidade”.

O projeto ‘Diálogos ComSentidos’ começou com três jovens, “não vinculados a nenhuma religião”, que pretendiam criar um espaço de reflexão sobre a verdade, disse António Carraco dos Reis, um dos jovens fundadores, no programa ECCLESIA, na RTP 2.

O grupo fundador desta iniciativa convidou, posteriormente, o missionário da Consolata, padre Álvaro Pacheco, a tornar “o sonho uma realidade”.

Com uma experiência de 17 anos na Coreia do Sul, o sacerdote português tem sensibilidade para o diálogo inter-religioso devido a percurso naquele país asiático.

“Ir ao encontro do outro, do conhecer e aprofundar realidades que são comuns”, frisou o padre Álvaro Pacheco.

A próxima sessão dos «Diálogos ComSentidos» realiza-se a 26 de outubro, naquela localidade da Diocese de Coimbra e tem como tema «A igualdade de género».

Saber mais