A corte omíada de Córdova – Palestra com Elsa Cardoso

A CORTE OMÍADA DE CÓRDOVA
Um modelo de sociedade de corte islâmico 

Palestra com Elsa Cardoso (Universität Hamburg)

16 dez. ’21
18h (hora de Lisboa)
Via Zoom (livre, sem inscrição): https://videoconf-colibri.zoom.us/j/83658297381

No contexto do Seminário Permanente de Estudos Islâmicos (Universidade Lusófona)

RESUMO

 

No século X assistimos na Península Ibérica à construção de uma complexa sociedade de corte, reflectida especialmente na edificação da cidade palatina de Madinat al-Zahra, em Córdova, capital do Califato Omíada do al-Andalus. Quer os relatos presentes nas fontes escritas, quer os testemunhos arqueológicos e de cultura material transmitem-nos uma abundante linguagem ritual e burocrática, apenas existente em sociedades de corte desenvolvidas. Contudo, o modelo de sociedade de corte ocidental, especialmente aquele reflectido pela corte de Versalhes de Luís XIV, continua a ser um paradigma, identificado comummente como o modelo original do que deve ser uma verdadeira corte. Esta sessão tem como objectivo reflectir sobre os conceitos e dinâmicas dos modelos de sociedade de corte islâmica, tentando desta forma desmontar o papel que o imaginário normativo ocidental, frequentemente orientalista, continua a ter a este respeito.

A ORADORA

 

Elsa Cardoso é Research Fellow do RomanIslam – Center for Comparative Empire and Trancultural Studies (Universität Hamburg) em Estudos Árabes e Islâmicos, desenvolvendo a sua investigação em história do al-Andalus, especialmente dedicada à corte e cerimonial dos omíadas de Córdoba, adoptando uma perspectiva comparada com os omíadas de Damasco, abássidas e fatímidas, bem como o Império Bizantino e o Reino Visigodo, herdado pelos omíadas no al-Andalus. Embora os estudos de corte sejam um campo estabelecido para a cronologia europeia moderna, as cortes islâmicas carecem de uma investigação consistente. Nesse sentido, a sua tese de doutoramento (Universidade de Lisboa, 2020), intitulada “The door of the caliph: from the conceptualization to the articulation of ceremonial”, em cuja publicação está actualmente a trabalhar, considera a conceptualização da corte omíada do Al-Andalus, o palácio, o califa e a sua sociedade. Publicou diversos artigos e capítulos em revistas como Medieval Encounters e volumes como Byzantium in Dialogue with the Mediterranean (Brill), promovendo perspectivas comparativas no âmbito mediterrânico. Da mesma forma, tem participado em eventos científicos internacionais, como o International Medieval Congress of Leeds ou o Seminar Les Califats de l’Occident Islamique (Casa de Velázquez, CSIC). Leccionou nas licenciaturas de História e Estudos Asiáticos da Universidade de Lisboa, coordenou um curso de pós-graduação em história do al-Andalus na Universidade de Hamburgo e organizou o workshop internacional The Umayyads-From West to East: New Perspectives, no RomanIslam Centre, Universidade de Hamburgo.

ORGANIZAÇÃO E CONTACTO

 

Fabrizio Boscaglia
(fabrizio.boscaglia@ulusofona.pt)

Linha de Investigação em Herança e Espiritualidade Islâmica (Área de Ciência das Religiões – ULHT)

Seminário Permanente de Estudos Islâmicos: https://cienciadasreligioes.ulusofona.pt/noticias/8742/

Redes Sociais